segunda-feira, agosto 28, 2006


Meet The Feebles, de Peter Jackson ****

Um dos primeiros trabalhos de Peter Jackson. É um negócio genial: parece um Muppets doentio movido a drogas, sexo e violência, satirizando de forma inclemente todos aqueles filmes do tipo "bastidores dos artistas". Os bonecos são toscos no acabamento, mas dificilmente sairão das nossas mentes depois que assistimos ao filme. É incrível a capacidade de Jackson em elaborar personalidades muito bem definidas para todos as personagens (o coelho promíscuo, o porco-espinho ingênuo, o rato cínico e mal-caráter, a hipopótama prima-dona, e por aí vai). A fotografia do filme é perturbadora, retratando o teatro onde se passa a trama de forma quase opressiva, dando ao filme um clima de verdadeira descida ao inferno. E a conclusão de "Meet The Feebles" é uma bela e insana homenagem a "Meu Ódio Será Tua Herança".

5 comentários:

El Thomazzo disse...

Esse filme é bacana demais. Me lembro quando mostrei, em inglês mesmo, para meus irmãos... eles quase vomitaram quando apareceu a mosca que fica na m... , ha ha ha (e eu tive que dar explicações para minha mãe). Eu queria ver isso relançado aqui em DVD, com o dístico 'do diretor de O Senhor dos Anéis e King Kong', para imaginar a cara das crianças e velhinhas vendo isso.

André Kleinert disse...

Acho que no King Kong há muito da insanidade de Meet the Feebles, principalmente naquele confronto inesquecível do Kong contra três tiranossauros rex. Jackson é o cara!!

Davi de Oliveira Pinheiro disse...

Esse filme é muito ruim. Quase não tem história, só gags!!! Eu lembro ainda desse dia. "Blood and Black Lace" e "Audition" seguidos de "Meet the Feebles". Cara, acho que foi a melhor sessão de cinema na casa do JP.

André Kleinert disse...

Caro Davi, é por opiniões como essa que eu continuo achando que tu és o novo Walter Salles.

El Thomazzo disse...

Bom mesmo é Fuga de Los Angeles e Silent HIll, Davi...