segunda-feira, novembro 23, 2009

As Testemunhas, de André Techiné ***1/2


A trama de “As Testemunhas” (2007) pode parecer banal na sua superfície ao retratar uma série de desencontros amorosos entre seus personagens. O que se desenrola na realidade, entretanto, é muito mais inquietante. O drama dos personagens tem como pano de fundo o surgimento dos primeiros casos de AIDS na França. O diretor André Techiné explora o assunto evitando o sentimentalismo fácil. O que fica mais evidente são sensações como a perplexidade e a fragilidade emocional perante o desconhecido entre pessoas culturalmente privilegiadas ou simplesmente plenas de vitalidade. Techiné faz também um contraponto perturbador entre o tom som sombrio da história com o gosto por tomadas que focalizam belas paisagens naturais iluminadas de forma deslumbrante. Outro ponto alto de “As Testemunhas” é um elenco recheado de interpretações elegantes e precisas, principalmente por parte de Michel Blanc e de Emmanuelle Béart.

4 comentários:

Rafhael Vaz disse...

Caramba, ultimamente tem resenhado só pedrada, hein?? "As Testemunhas", "Katyn", "Fome", tudo com notas altas. Tenterei baixar todos esta semana!!

Abraços!!

André Kleinert disse...

Rafael. O "Katyn" saiu agora em DVD, sendo que acho que "As Testemunhas" vai ter o mesmo destino. Já o "Fome" eu assisti numa película que veio importada para uma sessão especial numa sala alternativa aqui de Porto Alegre. Dessa forma, não sei se um dia será lançada em DVD nacional. Dessa formas, desses três, é o que mais vale a pena baixar. Abraços!

Rafhael Vaz disse...

Bom, tive a sorte de conseguir tanto "Katyn" quanto "Hunger" (Fome) num fórum que participo. Tão logo assistir esses, baixarei o "As Testemunhas". Estou mais ansioso para assistir "Fome". Dizem que não tem tantos diálogos, mas que há muitos planos sequência, daqueles onde a imagem diz por si só. Aliás, isso você também deixa claro de certa forma na resenha. Parabéns por esta, a tensão e o peso transmitido que conseguiu passar pelas palavras que aguçou minha curiosidade - e desculpe por não estar escrevendo isto no post apropriado hahah.

Abraço!!

Rafhael Vaz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.