quarta-feira, setembro 12, 2012

A era do gelo 4, de Steve Martino e Mike Thurmeier **1/2


É claro que animações na linha desse “A era do gelo 4” (2012) sempre terão uma qualidade esmerada no seu traço e vasto recursos de produção que não as deixariam se qualificar exatamente como obras “ruins”. O que causa desconforto é a falta de alguma ousadia, de alguma densidade dramática capaz de causar tensão na plateia (qualidade que pode ser encontrada, por exemplo, em várias produções da Pixar). Nesse mais recente capítulo da franquia, a condução da narrativa é tão burocrática que até os momentos do esquilo alucinado por uma noz acabam soando pouco impactantes. Ocasionais surpresas que poderiam fugir desse marasmo (a caracterização repulsiva de alguns dos personagens vilões, as figuras assustadoras dos “monstros sereias”) acabam esvaziadas pelo modelo de fábula moralizadora, edificante e politicamente correta em demasia.

2 comentários:

Marcelo C,M disse...

Eu descarto esse quarto filme, pois ele nasceu unicamente para gerar lucro, mas se era para ser assim, deveriam ter caprichado na trama. A era do gelo 3, havia fechado com dignidade a trilogia, pois era muito engraçada e com um dos melhores personagens de toda a serie, Buck.

André Kleinert disse...

Bah, concordo contigo. Estou para dizer que a terceira parte é a melhor de toda a franquia.